Páginas

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Diálogo

Olá meu amigo,
Há quanto tempo não temos uma conversa direta não é mesmo? Hoje resolvi parar um pouco e te dizer algumas coisas. Falar sobre a vida, sobre mim, sobre nós.
Esse ano a nossa relação passou por altos e baixos, me afastei de você deixando para trás toda nossa história, me esquecendo de tudo aquilo que vivemos. Dias nublados e conturbados, onde nada fazia sentido, onde o vazio predominava junto com o silêncio que fazia ecoar meu grito de socorro.
E então um dia acordei e resolvi largar de ser a criança mimada e retornei...e ali estava você me esperando de braços abertos...como sempre esteve. E eu, tal como filho pródigo recebi o abraço de misericórdia, de saudade, de aconchego.
E nossa relação se fortificou ainda mais...Aprendi que com apenas um olhar você me entende, sabendo me dar as respostas que sempre busco. E seu olhar me modifica, me transforma, me faz melhor do que sou. E aprendi também o quanto posso contar com você nos meus momentos de alegria e principalmente nos momentos de escuridão da minha vida.
Eu me recordo daqueles dias em que minha vida havia perdido o chão e você me sustentou. Foi você que guiou meus passos quando eu não sabia para onde ir e tal como em Emaús me fez perceber que caminhava comigo o tempo inteiro.
E hoje estou aqui, meu amigo, para te dizer o quanto tem sido importante estar com você durante toda minha vida. Sei que é você que me conhece no som e no silêncio, na alegria e na tristeza e me entende mesmo quando ninguém mais tem essa capacidade.
Obrigado por me ajudar a ser quem eu sou hoje e por me mostrar que jamais é tempo de desistir...porque a vida é um eterno recomeçar.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Cantiga

Celebro hoje os caminhos que andei
E as pessoas que me acompanharam
Canto à vida em suas dissonâncias
Canto aos amores que conquistei
Celebro hoje o primeiro passo após o tombo
A força e a vontade de recomeçar
Ergo um brinde a quem eu sou
E a capacidade de me entregar

Brindo aos amigos e à familia
E agradeço aos céus pelos momentos vividos
Entrego meu sorriso e meu afago
E beijo as mãos que um dia me levantaram
Danço ao som da chuva sem medo de me molhar
Me entrego ao ritmo que embala meus passos
Caminho lentamente, atentamente
Sem ter pressa de chegar

(Leonardo Barros, 13/12/2011, 17h24)

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Trilhos

Anuncia-se o falecimento da fantasia! É hora de enterrar idealizações e conviver com a realidade tal como ela é. Foi-se o tempo de fazer um cavalo de uma vassoura e uma espada de um bastão, é hora de aceitar que cavaleiros dispostos a salvar o mundo não existem, pelo menos não em suas armaduras reluzentes.
Ouço a voz a ecoar dizendo que o fim está próximo e que é preciso endireitar os caminhos, sem atalhos, sem trilhas falsas pelo caminho. Tenho que continuar na estrada determinada vislumbrando a paisagem e curando as feridas dos meus pés cansados.
E quando todas as estações passarem diante dos meus olhos e o frio se anunciar dentro de nós eu saberei que este será o momento. Entenderei que ausência se constrói também em presença e que silêncio pode ser encontrado até mesmo em meio a uma multidão de vozes. 
E que as feridas se cicatrizem lentamento ensinando que na vida é preciso muita paciência em todos os momentos. Paciência a ponto de esperar independente do tempo que for preciso, sem se martirizar pela demora do ponteiro do relógio que não faz o sino badalar.
Deixo aqui minhas últimas palavras para a fantasia e o meu adeus para minhas e suas máscaras. Deixo aqui o meu olhar de adeus e meu último pulsar do coração. Deixo a lágrima cair e o desejo de que ela regue a semente de uma nova vida. 
Está na hora de partir nesse trem da vida!

sábado, 26 de novembro de 2011

Metal contra as nuvens

E o tempo passou e o menino cresceu...
Hoje olha vida de outras formas, buscando novos olhares e novos cheiros, buscando apenas encontrar uma maneira de ser feliz. Ele já tem a convicção de que o tempo passa e que isso implica dizer que tudo é mutável, sendo assim, a felicidade não pode ser considerada algo eterno! Mas quem disse que ele buscava algo eterno? Queria algo intenso o suficiente para não ser esquecido mas que pudesse ter sua limitação também.
Ele que quando criança brincava de salvar o mundo e tinha sempre em mente um plano para tudo, agora já não tinha mais certeza de que as coisas poderiam ser realmente mudadas em sua essência. Aprendera da pior forma de que fatos não se mudam, o que é preciso é criar capacidades para lidar com o que já aconteceu.
As vezes ele sente saudade de coisas que deixou pra trás e de alguma forma tenta recuperá-la. Ele não age de forma a regredir mas tem consciencia de que evolui na medida em que resgata suas origens, não retornando a caminhos que não levaram-no a lugar algum!
E o menino que agora veste a armadura de homem, as vezes tem vontade de apenas brincar...de viver!
"Tudo passa, tudo passará..."

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Anos de chumbo

Os ditadores ainda se fazem presentes em uma sociedade aparentemente democrática. Se manifestam sorrateiramente nas beiradas do caminho.
Dissimulam com discursos sedutores que coagem a qualquer um que os escute. Incutem o silêncio na mente das pessoas e querem um mundo cada vez mais omisso frente às suas ações. Sabem jogar com emoções olhando nos olhos, mas em seu olhar reconhece-se o medo!
No fundo, todo aquele que tenta exercer controle tem medo! Medo de enfrentar as situações como homem assumindo o peso de suas atitudes.
E trazem à tona o discurso ufânico de "Brasil, ame ou deixe-o" quando na verdade eles é que deveriam partir em busca de um lugar que aceite passivamente suas ações. São assim, covardes camuflados em suas fardas! Covardes...fantasiando uma coragem que não possuem e querendo que seus preceitos se tornem verdades...

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Revolução

As coisas andam se atropelando ultimamente em uma correria sem limites. Tudo entrou em fase de revolução em busca de novos modos de se viver. E por todo lado vejo pessoas carregando placas cada qual defendendo sua classe e seus conceitos.
Estamos abandonados nessa sociedade que a nível epistemológico perdeu todos os seus paradigmas, e onde o sujeito se vê fragmentado sem saber qual partido tomar. Estamos a mercê de nosso liberdade, atados na ideologia de livre-arbítrio.
Não olhamos para o nosso arranjo contingencial e não nos damos conta de quão limitado temos sidos. Não percebemos quão controlada tem sido nossas vidas.  
É preciso revolucionar, mas antes disso agregar! Lutar por causas que tornarão vida melhor. Levantar bandeiras por aqueles que já nao tem mais forças de erguer as vozes clamando pela liberdade. É preciso viver e garantir que a vida aconteça plenamente sem restrições.
É preciso erguer os braços e as vozes e gritar, o mais alto que se consiga, em busca de conquistas...em busca da verdadeira essência da vida!

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Coisas para se fazer ao 19 anos



- Comemore o início com as pessoas mais importante de sua vida, esses momentos jamais são esquecidos.

- Refaça seu planos e projete um ano de muitas conquistas
- Se abra para novas oportunidades
- Viva intensamente cada momento
- Beba...destilado, fermentado, doces, cítricos.
- Viaje com seus amigos
- Vá para uma festa num sábado a noite e fique até poder tomar café da manhã no domingo na primeira padaria que encontrar
- Converse com o bêbado que te encontrar em um ponto de ônibus, conselhos sábios podem surgir.
- Encontre um projeto para se dedicar integralmente
- Sorria para alguém, isso é o suficiente para a mudar o dia de uma pessoa
- Se apaixone e viva o turbilhão de sensações que a paixão desperta
- Aventure-se a fazer algo que jamais pensaria ser capaz de fazer e verás que adrenalina é muito prazerosa
- Contemple o pôr do sol, mas veja ele nascer também
- Saiba lidar com a vida quando ela tomar rumos diferentes do que planejou
- Arrisque para ter certeza se aquela é mesmo a pessoa certa
- Reúna seus amigos para fazer churrasco em final de semana, feriado e em uma segunda
- Faça apostas
- Lute para conquistar o que deseje porque ninguém fará isso por você
- Olhe sua família de um jeito diferente, eles podem ser diferentes do que você pensa
- Inicie um namoro em um local inusitado
- Estude, feste, tire férias fora de época, 
- Enlouqueça, afinal a normalidade é só um conceito e em alguns momentos a loucura é saudável
- Cresça, mas não deixe para trás a criança que um dia foi
- Elimine a palavra rotina de sua vida, neurose não leva ninguém a lugar algum

- Analise sempre o que tem feito e no que ainda pode mudar

- Deixe de pensar muito e parta para a ação
- Seja leal a você
- Seja você mesmo sem medo de viver...

E quando chegar ao final dos 19 anos, sorria! Você passou por tudo que gostaria de ter passado e conquistou muito mais do que havia planejado.
E a vida continua seu ciclo, sempre se renovando...
Nunca é tarde para recomeçar!

E bem vindo aos 20 anos...

sábado, 15 de outubro de 2011

Naipe

É como empilhar cartas uma a uma lutando contra todas as adversidades que insistem em derrubá-las. Você vai pacientemente colocando uma a uma buscando o equilíbrio exato para que não desmorone. Muitas vezes passa por cima de seus próprios limites em busca de um objetivo aparentemente recompensador.
Quando vê deixou de fazer tantas outras coisas lutando por construir um castelo de cartas ond e a fortaleza seja suficientemente capaz de impedir qualquer contato com a realidade. E é assim que você se enxerga, longe da realidade. 
Percebe que deixou tantas coisas para trás, até mesmo você...
E então se vai o príncipe, a princesa, o rei e a rainha com toda sua pompa majestosa. Infelizes! Vivem para ostentar uma coroa que por tantas vezes não corresponde com seus pensamentos mesmo estando na própria cabeça.
Vivem um mundo ilusório de cerimoniais e protocolos sociais. Precisam de tudo isso porque já esqueceram quem são e não sabem mais o que fazer se não houver comportamentos ditados por alguém. Não sabem ser quem realmente são porque nem sabem ao menos o que são!
Mas castelos estão fadados ao desmoronamento, assim como qualquer outra coisa que se constrói nesse mundo. Tudo está fadado a ser refutado em meio a uma sociedade que necessita de provas e contra provas numa cientificidade de bar de esquina.
Tudo um dia cai...e voa pelo ar muito além do que os olhos possam ver mas perto o suficiente para o coração sentir, e sentir o bastante a ponto de se sentir sufocado.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Strani amori che se perdono dentro noi

E não mais que de repente você entende que a mão que afaga traz consigo um punhal afiado pronto para perfurar qualquer sentimento que exista. E quando o punhal atravessa a alma, resta no peito uma dor que não se sabe explicar. Misturam-se expectativas e frustrações, as alegrias e os ressentimentos.
E você se vê ali naquele canto, sozinho. Não vê uma mão estendida para te levantar mas, apenas, uma mão pronta para te jogar de volta no buraco de onde um dia tentou sair. E é assim a vida meu querido!
Caixinha de surpresas? MENTIRA! A vida é previsível nós é que nos iludimos em vão. Fechamos os olhos para a realidade vivendo em um mundo pseudo perfeito cuja perfeição não é nada além de que efeito especial.
E sabe-se o quanto é fácil manipular palavras e fazer delas o que bem entende-se mas como diria Santo Agostinho palavras não mudam fatos! Fatos consumados não podem ser refeitos e o peso de suas consequências são levados por toda a vida independente de serem arcadas ou não.
Uma vida esquizofrênica pode ser mantida até certo nível mas chega uma hora em que não é mais possível conviver com a ambiguidade das ações e então emerge-se a necessidade da tomada de um partido. Partido não quer dizer dividido, entende-se partido como uma visão ideológica que obriga a estabelecer uma prioridade.
Abraçar o mundo todo é impossível, precisamos ter convicções suficientes e decidir por aquilo que de fato é importante e dar a devida importância. Ensinamentos bíblicos: não é possível servir a dois senhores. Podemos ir além ainda e encontrar a ideologia do Cristo "renuncie a si mesmo, tome sua cruz e siga-me".
O caminho implica em peso de cruz. É preciso tomar decisão e então carregar a cruz com seu peso suportando as feridas que dela surgem. Optar por carregá-la com suas implicações é um processo pessoal, ninguém poderá dizer-te o que de fato compensa ou não, pois, cada um sabe aquilo que de fato é importante em sua vida.

domingo, 9 de outubro de 2011

Banho de chuva

Um domingo chuvoso era tudo o que ele precisava. Parou um pouco na janela de seu quarto e contemplou a chuva caindo lentamente e escorrendo pelo seu quintal levando embora a poeira que havia se acumulado durante a semana.
Pensou em como tudo estava acontecendo não sabia se era aquela poeira acomodada ou se era a chuva que se arriscava a encarar a vida e contornar os obstáculos que encontra pelo caminho. Pensou e não chegava a conclusão alguma.
Se perdia em meio aos pensamentos confusos que vinham atravessar sua mente. Talvez suas indagações fossem as mesmas que acometiam a toda humanidade. Respostas? Só se fossem em forma de perguntas.
Ouviu um trovão e estremeceu. Despertou de seus pensamentos sem conclusão nenhuma, mas, resolveu não ficar parado e foi de encontro a chuva em busca de um banho em sua alma.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Re-descobrir

Hoje acordei pensando em quem eu sou ou quem eu acredito que tenho sido. Não me reconheço, não me vejo.
Olho para os lados na espera de encontrar alguém que me indique o caminho para minha redescoberta. Não vejo ninguém, devem estar se redescobrindo por aí também.
Caminho por uma estrada, no inicio havia uma placa que dizia "Bem vindo à vida". Não me deram um mapa ou uma bussola e nem ao menos me deram uma dica sobre o que encontraria a frente.
Aqui estou eu caminhando. Já não vejo o inicio da estrada e nem o fim. E o fim é o maior enigma pois, em momentos em que acredito estar aproximando vejo que me aproximei de uma curva que esconde uma outra imensidão, porém, sigo sempre preparado para a última curva e então vislumbrar a placa "Tenha uma boa viagem" ou "Parabéns, você terminou sua caminhada".
Não sei se receberei a coroa da justiça ou se meu combate será combatido de forma boa. Sigo caminhando e isso não é redundante porque muitas vezes segui parado deixando tudo passar por mim.
Me redescubro e me reinvento...sou eu e minhas consequências e aquilo que faço para mudar quem acredito que sou.
Re-descobrir é tirar novamente essa velha capa que esconde meu verdadeiro eu.

sábado, 1 de outubro de 2011

Santa Teresinha do Menino Jesus

"Passarei meu tempo no céu fazendo o bem aqui na terra"



Essa foi a primeira frase que ouvi sobre Santa Teresinha! Era pequeno em tamanho, em conhecimentos, em tudo. E fui aos poucos conhecendo a história dessa santa e me apaixonando cada dia mais.
Eu poderia parar aqui para escrever toda sua linda história que sei na ponta da língua mas acho que o fundamental na vida não histórias e sim experiências.
Há dois anos atrás eu estava totalmente desorientado sobre o que fazer com minha vida e que caminho seguir e então fiz a novena pela primeira vez. Num sábado recebi a rosa, vermelha e a pessoa que me entregou disse: "aconteceram tantos imprevistos que só pode ser um sinal de que essa rosa realmente tinha que estar em suas mãos". E realmente, minha vida tomou um direcionamento.
Como disse Sata Teresinha uma vez "Por uma graça fielmente recebida, Ele me concedia uma multidão de outras". E foi isso que me aconteceu....
Junto com a graça pedida recebi tantas outras. Conheci pessoas que mudaram minha vida, tive experiências que foram fundamentais para meu crescimento, encontrei o amor da minha vida. Enfim,, tudo em decorrência da realização do meu pedido.
Por mais dificil que tenha sido entender que uma graça nem sempre é o que achamos que precisamos mas o que realmente precisamos sei que hoje estou onde deveria estar.
Os milagres acontecem a cada instante em minha vida, preciso apenas abrir os olhos para reconhecê-los!


"Parece-me que agora nada mais me impede de levantar vôo pois, já não tenho grandes desejos a não ser amar até morrer de amor"

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Provas

E após longos dias sem postar estou de volta!
O cansaço me domina e muito.
Preciso dormir e colocar tudo em dia...
A tensão maior acabou...
Vamos viver!


domingo, 18 de setembro de 2011

Amor perfeito

O número 7 mitologicamente adquiriu valor de perfeição. São várias as explicações que reforçam esse atributo do número 7 entre os principais eu destacaria o tempo da criação. Foram 7 dias que Deus utilizou para criar o universo e tudo que nele existe e no fim de cada dia ele confirma a perfeição de sua obra. "E Deus viu que tudo era muito bom".
E hoje estou aqui para falar um pouco mais sobre o número da perfeição, consequentemente falarei de você.
O que é perfeito?  Etimologicamente seria "aquilo que reúne todas as qualidades e não tem nenhum defeito". Mas ao meu ver perfeição está além de qualquer definição. Uma vez que ela reúne em si todos os atributos não há nenhuma definição que seja capaz de atingir sua complexidade e resumir de forma sintética aquilo que ela de fato é.
Perfeição pra mim é você! E você, ou qualquer outro que me lê, pode achar que estou exagerando mas, acredite, não estou!
Você é perfeito sim mesmo tendo defeitos. Talvez seja isso que o torne perfeito, afinal são seus defeitos que o humanizam e o fazem crescer como pessoa. Mas hoje não vim aqui me ater a algo que não tenha importância.
Estou aqui para lhe dizer que 7 meses dividindo uma história com você me ajudaram a ver a vida de uma outra forma. Me perco em tudo que senti nesse período, em tudo que vivi e no quanto mudei.
Hoje sou alguém diferente do que já fui...mudei...pra melhor! E acredito que isso é recíproco, pois vejo em você a prova de uma mudança.
E se hoje faço planos, se desenho um futuro com você é porque sei que um dia o coloriremos com as mais belas cores da vida e não teremos apenas projetos mas fatos concretizados. Conquistaremos tudo o que hoje planejamos. Seremos tudo que pudermos ser, e principalmente, seremos um para sempre! 
Perfeição é olhar em seus olhos e ver o brilho que ele tem quando estamos juntos!
Perfeição é ver seu sorriso ou ganhar um beijo seu.
Perfeição é receber um sms no meio da tarde, uma ligação durante a noite e um "eu te amo" sem hora de ser dito.
Perfeito é ter você em meus braços durante uma noite e acordar ao seu lado.
Perfeição é um amor que supera as mais conflituosas situações, os maiores medos, os desafios aparentemente impossíveis e que abre mão de todos os paradigmas que possam existir.
Nosso amor é perfeito com tudo que nos proporciona. Cumplicidade, diálogo, partilha, união!
Assim somos nós...dois amantes descobrindo a alegria de amar e ser amado.
Obrigado por tudo que representas em minha vida, por mudar minha história e por cada momento que juntos vivemos.

Que a perfeição esteja sempre conosco, como esteve nesses 7 meses em que eu vi que tudo que vivemos foi bom!
Te amo!

sábado, 17 de setembro de 2011

Soneto

De repente do riso fez-se o pranto 
Silencioso e branco como a bruma 
E das bocas unidas fez-se a espuma 
E das mãos espalmadas fez-se o espanto. 

De repente da calma fez-se o vento 
Que dos olhos desfez a última chama 
E da paixão fez-se o pressentimento 
E do momento imóvel fez-se o drama. 

De repente, não mais que de repente 
Fez-se de triste o que se fez amante 
E de sozinho o que se fez contente. 

Fez-se do amigo próximo o distante 
Fez-se da vida uma aventura errante 
De repente, não mais que de repente.

Vinicius de Moraes

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Sessão das 19h

(Filme: Meia Noite em Paris)

E se me perguntassem algo sobre o filme eu não saberia dizer nada além de que foi o melhor filme que já vi em minha vida...

sábado, 10 de setembro de 2011

Sábado a noite

Hoje olho a vida daqui de cima procurando encontrar uma única luz que de fato clareie minha vida nessa imensidão. Sei que existem milhares de projetos que tentam de alguma forma preencher buracos e estancar feridas que de uma forma ou outra conseguem sangrar.
As vezes sinto a espada de dor transpassar minha alma como concretização das palavras de um profeta há tempos atras. E a mão que empunha essa espada acaba cravando-a nos lugares mais doloridos gerando feridas cuja cicatrização demorará muito tempo.
Olho para baixo e vejo pessoas andando como formigas alienadas ao seu próprio caminho. Estão apressadas ao ponto de não enxergarem nada além do seu próprio egoismo. Esqueceram do altruísmo necessário a nossa sobrevivência e se tornaram deuses em seus altares adornados pelo narcisismo.
Não sei se me perdi, não sei ao certo onde estou e o que fazer. Estou sozinho neste momento, longe da vida, longe de tudo que de alguma forma me faz bem.
Apenas contemplo o espetáculo do viver e me revezo entre atuar, dirigir e assistir a minha própria vida!

domingo, 4 de setembro de 2011

Dejà vu

Agora estou aqui pensando se sou responsável de algum modo pelo que está acontecendo com você. Penso e repenso em nosso final de semana e em quantas coisas boas aconteceram.
Fecho os olhos e vejo você chegando aqui em minha casa e como te disse isso me fez tão feliz. E tivemos nossos contratempos mas nos acertamos.
E na hora da sua partida você me abraça de repente, chorando, me diz que me ama muito. E eu te olho e digo que também te amo demais e que iremos passar toda a vida juntos e felizes.
E então agora me vejo aqui de mãos atadas sem saber o que fazer. As horas se arrastam...E eu deito e não tenho sono, viro de um lado para o outro e então venho aqui escrever algo. Me entupo de remédios e mesmo assim o sono não consegue me dominar.
Olho constantemente o celular na fantasia de que você irá me ligar a qualquer momento me dizendo que foi apenas um sonho ruim. Imagino o que deve estar acontecendo com você e então me angustio mais ao pensar o quanto eu gostaria de estar com você te protegendo de tudo que lhe atormenta.
Há um vazio tão grande aqui no meu quarto...não tem seu cheiro, sua presença. Falta você e o seu amor a me guiar...
E meu coração se parte em mil pedaços...e dói tanto que chega sufocar.
Penso em ligar pra alguém, ou até mesmo sair sozinho para dar umas voltas mas a única vontade que tenho é correr até você...só queria estar com você.
Eu te prometi meu amor que iria cuidar de você....mas perdoe a minha humanidade se agora choro e sou eu quem precisa de um colo também...
Ps: acabei de reler todas as suas cartas...

domingo, 28 de agosto de 2011

Volare

Voe pequena criança com suas asas ainda que limitadas. Voe sem parar o mais alto que conseguir e vá para longe, onde nenhum pensamento possa lhe atormentar.
Voe pois você precisa descansar pequeno anjo, ter dias de sossego para aguentar os dias em que os ventos insistem em soprar forte. E o vento sopra coisas aos seus ouvidos que você nem queria ouvir, te fazendo lembrar de coisas que já deveriam estar esquecidas...e a verdade vai se mostrando aos poucos, lenta e dolorosamente...
Voe pequeno anjo...antes que as asas se cansem e você tenha que pular de vez no precipício.



quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Faculdade da vida

Olho o relógio e nem presto atenção em que horas são. Olho novamente na esperança de que o tempo passe e que de repente as coisas em minha volta estejam diferentes.
Relembro de momentos em que as coisas foram de outra forma mas que não me faziam felizes. Vejo que me perdia no vazio na esperança de encontrar uma base segura para me prender.
Percebo que buscava ser amado mas nao evocava o amor. Não me permitia e seguia de mãos dadas com uma pseudo liberdade cujo o destino era uma abraço desenfreado na morte ou um salto no precipício mais profundo que a escuridão em que por tanto tempo minha alma habitou.
Até que a luz de repente chegou e pude enxergar a beleza do viver. Aprendi que mesmo na dor podemos ser felizes, não falo em instintos sadomasoquistas, mas em aprender a saborear a experiência e com ela ter uma oportunidade de crescimento.
Me desfaço em mil pedaços e me construo novamente. Sei que me reinventar é uma tarefa difícil mas que não é impossivel porque com amor somos capazes de voar o mais alto possivel até o ponto de pegar as estrelas e com elas fazer um colar capaz de enfeitar a vida.
E eu sei que posso tocar o céu quando eu quiser porque ninguem mais pode me impedir de ser feliz....

domingo, 14 de agosto de 2011

Fica comigo hoje...

Basta olhar em teus olhos para ver o reflexo dos meus. Nos ferimos tanto por coisas sem tanta importância, nos machucamos por dizer e por calar tudo aquilo que sentimos. Perdemos tempo...o tempo, esse bem precioso que nunca se sabe se haverá chances para recuperá-lo.
Se a vida é um eterno recomeçar faço desse instante meu novo ponto de partida. Mudo minhas escolhas e faço novamente de você minha prioridade, mas te peço que me dê essa credibilidade e se permita.
Fica comigo hoje e para sempre?



"Now that I've tried to
Talk to you and make you understand
All you have to do is
Close your eyes and just reach out your hands
And touch me, hold me close
Don't ever let me go"

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

As vezes me pego pensando em você e isso já se tornou constante. O mais incrível é como basta pensar em você para me sentir melhor, como se você me desse asas me mostrando que posso ir onde quiser que nada pode me impedir.
E te amar me faz tão bem, ainda que tenha a saudade e tantas outras coisas que possam interferir esse sentimento. Ainda que meu coração fique apertado longe de você só retornando a sua pulsação normal quando estou em sua presença, eu sei que nada me fará tão bem nessa vida como você.
E quando não podemos dormir juntos eu sinto minha cama mais vazia. Sobra espaço e vontade em sua ausência. Ah, como são doces as noites em que posso te ter em meus braços sentindo o sabor do céu aqui na terra. Como são lindas as manhãs em que ao acordar sei que você não será apenas meu primeiro pensamento mas será presença.
É tão bom velar por seu sono e te ver abrir os olhos e sorrir. É tão bom te olhar...
E enquanto isso não pode ser diário faço da minha vontade esperança de um futuro onde seremos, para sempre, apenas um.

"Quanto você me ama?"
"Te amo do tamanho do universo...e você?"
"Te amo até o infinito"


"Foi o tempo que dedicaste a tua rosa, que fez tua rosa tão importante"

sábado, 6 de agosto de 2011

Pescador de ilusões

Pesquei ilusões quando buscava encontrar tesouros ocultos em um mar chamado vida. Comprei sorrisos a preço de lágrimas e ocultei sentimentos em emoções conturbadas.
Feri quando tentei curar, mas acima de tudo tentei me  preservar de encontrar sofrimento por onde passava e então um dia aprendi que quem não sofre, não vive.
Você pode passar toda sua história comprando enredos que não te pertencem ou resolve assumir a autoria do seu próprio caminho disposto a enfrentar as consequências que isto implica.
Chega uma hora em que você tem que decidir entre continuar na calmaria da sua canoa, sem grandes emoções, aparentemente protegido do que lhe causa medo ou pular no mar enfrentando o monstro que habita em seu interior que muitas vezes nada mais é       do que você mesmo. A escolha é sua...

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Citação

Toda vez que eu quero buscar no outro o que me falta, eu o torno um objeto. Eu posso até admirar no outro o que eu não tenho em mim, mas eu não tenho o direito de fazer dele uma representação daquilo que me falta. Isso não é amor, isso é coisa de criança! 

O anonimato é um perigo para nós. É sempre bom que estejamos com pessoas que saibam quem somos nós e que decisões nós tomamos na vida. É sempre bom estarmos em um lugar que nos proteja. Amar alguém é viver o exercício constante de não querer fazer do outro o que nós gostaríamos que ele fosse. A experiência de amar e ser amado é,                                 
                                                                   acima de tudo, a experiência do respeito.


 Como está a nossa capacidade de amar? Uma coisa é amar por necessidade e outra é amar por valor. Amar por necessidade é querer sempre que o outro seja o que você quer. Amar por valor é amar o outro como ele é quando ele não tem mais nada a oferecer, quando ele é um inútil e, por isso, você o ama tanto. Na hora em que forem embora as suas utilidades você saberá o quanto é amado. Tudo vai ser perdido, só espero que você não se perca. Enquanto você não se perder de si mesmo você será amado, pois o que você é significa muito mais do que você faz. 

(Padre Fabio de Melo - A amizade amadurecida)

Pra onde é que vai?

Queria escrever sobre a vida, sobre a eternidade, sobre o amor e tudo mais. Queria dizer palavras belas ou motivadoras que transformassem os corações de quem lesse. Queria isso e aquilo e por que não aquilo lá também?
Ultimamente não tenho conseguido escrever como escrevi um dia. Isso é bom? É ruim? Não sei te responder...mudei, me reinventei, me transformei...e o que ficou?
Ficou essa imagem que hoje vejo refletida em um espelho e que tantas vezes se pergunta o que aconteceu mas sua pergunta ecoa se perdendo na imensidão do vazio como a gota de água que cai no mar e nunca mais sabe-se pra onde foi.
Resta o intenso desejo de seguir em frente buscando viver dia após dia experimentando o sabor de viver. Faço das canções que hoje escuto minhas palavras e procuro a canção exata que descreva minha existência. Leio poesias extraindo o doce de cada palavra e sofro com o autor em sua saga desesperada pela inspiração.
Palavras que somem quando deveriam aparecer....mesmo que tudo esteja bem eu ainda gostaria de escrever!

domingo, 31 de julho de 2011

Tempo!

Eu espero que você me compreenda mesmo quando eu não me compreender, e que seja paciente ainda que eu lhe dê motivos para jogar tudo pro alto.
Conhecer alguém requer tempo e convivência e é em meio aos contratempos que se prova o caráter e dignidade de cada um. 
Dialogar é muito mais do que soltar palavras boca a fora. O dialogo tem a capacidade de dar sentido e encontrar soluções para barreiras que possam surgir na nossa vida. É por isso que temos que valorizar nossos momentos de dialogo e fazer dele a base da nossa relação.
Buscamos construir uma vida juntos e isso requer muito de nós. Acredito que já enfrentamos situações tão complicadas que nada mais será capaz de nos separar.
Eu espero que você apenas me ame e com seu amor me ajude a curar minhas feridas.
Porque eu sei que te amo e isso é tudo que importa para mim...


"- Ah! Meu pedacinho de gente, meu amor, como eu gosto de ouvir esse riso!"

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Simplicidade

Celebremos hoje a vida sem deixar para amanhã a alegria de viver. Vamos dar as mãos e cantar uníssono a canção da igualdade, onde todos são livres para agir como queiram respeitando o limite do próximo.
Vamos unir as mãos e caminhar na estrada do diálogo e ter em mente que sozinho se cansa muito rápido e que a companhia nos motiva a chegar mais adiante.
Contemplemos a natureza e seus grandiosos espetáculos que passam despercebidos. O sol que nasce e se põe, a folha que cai para que outra nasça, o som dos pássaros harmoniosos a embalar a cantiga da vida e a dança das flores que perfumem nossos ares.
Celebremos hoje a luta dos nosso antepassados e as conquistas de nossas mãos. Festejemos o cantar do galo anunciando um novo dia tendo em mente a oportunidade de recomeçar e assim como o rio que corre sem parar seguir a vida sempre em frente, deixando pelo caminho as pedras que vierem nos machucar.
Hoje é o dia de viver, de olhar, sorrir e amar! A vida é breve e curta como as borboletas que só vivem 24hs. Depende de cada um transformar o breve tempo em uma eternidade. Saber ser intenso o suficiente para jamais ser esquecido tendo uma causa para entregar a vida....romper as barreiras do casulo que nos envolve e bater asas transformando a paisagem. E então do alto poder contemplar a magia da vida e ter a certeza de que se viveu e não apenas existiu.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

terça-feira, 26 de julho de 2011

segunda-feira, 25 de julho de 2011

domingo, 24 de julho de 2011

sexta-feira, 22 de julho de 2011

...N...


E o nosso amor é tão verdadeiro quanto o sorriso de uma criança...

quinta-feira, 21 de julho de 2011

terça-feira, 19 de julho de 2011

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Amor, meu grande amor

Abro o painel do blog para postar sobre nosso final de semana e então fico sem saber o que escrever e como conseguir expressar da forma mais clara as intensas emoções e experiências que tivemos. 
Coloco então uma música que diz "Você é tudo pra mim e isso basta". Eu sei que isso basta mas as vezes precisamos verbalizar muito mais aquilo que alguém é em nossas vidas.
Você chegou em minha vida trazendo a luz que eu necessitava para enxergar a beleza do amor. E sua luz me ensinou que é possível ver o belo mesmo quando o mundo e suas evidências dizem que não é a melhor coisa a se fazer. Você iluminou minha vida de uma forma que não sei se o o próprio sol seria capaz de iluminar.
E se hoje me perguntassem o que é o amor eu responderia sem pensar: o amor é você! Eu conheço o amor e sei o seu nome, sei seus segredos e sua intensidade. Vivo no amor.
E esses dias pudemos sentir como será nossa vida daqui algum tempo. É em função do hoje que penso no meu amanhã, e você me permite visualizar o futuro e me motiva a lutar por meus sonhos para que com você eu possa desfrutar mais ainda do sabor da felicidade.
Eu sinto a cumplicidade em seu olhar, a sinceridade em seu abraço, o aconchego em seu beijo e a eternidade em seu amor. 
Não há nada melhor do que dormir e acordar ao seu lado e te olhar ainda deitado e ouvir você perguntando porque te olho tanto. Agora eu te respondo, te olho assim porque quero eternizar cada segundo que passo ao seu lado e senti-lo da forma mais intensa o possível.
E o olhar nunca mente...ele é sincero e transparente como o amor que sinto por você. É real como o amor que você sente por mim.

"Você vai pensar em mim todo dia?"
"Vou sim...e você vai pensar em mim todo dia?"
"Vou pensar em você toda hora"


"- E quando te houveres consolado, tu te sentirás contente por me teres conhecido. Terás vontade de rir comigo. E abrirás a janela à toa, por gosto...E teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu. Tu explicarás então: 'Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir'."

sábado, 16 de julho de 2011

Infinito como o mar

Foi de manhã molhar os pés nas águas do mar. O sol nascia tímido refletindo seu brilho na imensidão daquelas águas que podiam ser comparadas a imensidão de pensamentos que havia naquela cabeça.
Olhou para o lado e viu mais adiante um casal que seguia feliz. Não sabia quando isso aconteceria em sua vida e não falava em felicidade porque era feliz mas em ter essa companhia que nada fosse capaz de separar.
Se a vida é feita de escolhas tinha consciência de que tudo que vivera até ali fora resultados de suas escolhas e que deveria viver até o último momento. Molhou os pés novamente e foi percorrendo a praia em sua extensão.
A cada passo um novo pensamento acompanhando de um novo desejo. Mudança. Era disso que precisava e era isso que iria fazer.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Banco da praça

Hoje sentei sozinho em uma praça e fiquei vendo as pessoas passarem enquanto pensava em minha vida. É incrível ver como passei por tantas mudanças nesses últimos tempos e o quanto me sinto melhor como pessoa hoje.
Vi crianças brincando livremente e sem preocupações e tentei imaginar o que cada uma delas teria que passar para poder crescer e então não ter mais condições de passar uma tarde com um pipa na mão ou correndo de um lado para o outro em suas travessuras. É, crescer é renunciar...
Hoje vejo que a vida tem muito mais valor e sabor. Aprendi que as coisas as vezes fogem do nosso controle mas mesmo assim cabe a cada um decidir pelo que sofrer ou ser feliz. Vejo que podemos passar um tempo vivendo aquilo que os outros querem para nós mas uma hora é preciso seguir a vida com nossos próprios passos.
Aprendi também que amor e perdão devem andar sempre de mãos dadas e jamais se separarem. Percebo que a pessoa que você mais ama é muitas vezes aquela que você mais fere e é ferido também, porque tudo está tão bem, todos tão seguros de si que parece não ter porque temer a separação. E aí entra o perdão...seja como consentimento ou como pedido. Amar é perdoar! Mesmo que o mundo diga para você não fazer isso, mas você sabe que sem o amor é impossível viver e então recomeça, uma, duas, três...quantas vezes forem necessárias.
Só tenho convicções do dia em que vivo hoje, o amanhã é incerto para mim, ainda que tenha muitos planos para ele, mas não me sinto temeroso...sou livre e sei que só depende de mim conquistar o que quero.
Sou livre como o silêncio, o vento e os pássaros que enfeitam os céus. Livre como o sol que nasce e se põe levando sua luz a todos. Sou livre e isso basta.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Quero a verdade no olhar

Triste dia em que você descobre que as pessoas mentem demonstrando a verdade no olhar. Fazem promessas sem a intenção de cumprir e acompanhadas de juras de pura falsidade.
E então você se sente como a criança que esperou ansiosamente o Natal e não ganhou o seu presente. E se questiona onde é que errou mas não encontra respostas que justifiquem algumas atitudes.
A paixão embora seja um desdobramento do amor não é de fato amor porque machuca. A paixão avassaladora faz perder o folego e o sono e quando se vai tira o sono mais ainda. Então não resta mais nada a se fazer além de chorar até torcer o colchão e finalmente encontrar forças para recomeçar.
E lentamente esperar o coração cicatrizar e se abrir para um novo amor. Não podemos nos fechar em nossos medos e continuar agindo como a criança que se tranca no quarto quando algo dá errado em sua vida. É preciso abrir a janela e deixar o sol entrar trazendo a luz necessária para o despertar.
É preciso saber contemplar o mistério da vida e buscar a solução de seus enigmas. Descobrir a beleza oculta na dor e transformá-la em esperança e lembrar sempre que a única chance que temos para ser felizes é o hoje, amanhã pode ser tarde demais...e então se dar conta que algumas pessoas nos são tiradas para que encontremos outras melhores. E a vida segue em frente nesse eterno recomeçar...reconquistar...apaixonar...amar!

terça-feira, 5 de julho de 2011

T.O.C

Tic tac tic tac num ritmo apressado. 
O tempo vai passando e tudo andando as vezes sem mesmo saber para onde.
Ouço o badalar do relógio, eis que a hora se aproxima. O que fazer? O que dizer? 
Tic Tac....
O tempo voa, as horas passam e tudo se transforma.
Mudam-se os planos e os sonhos.
Muda-se o corpo e a personalidade.
Transformação...superação.
Tic Tac
É necessário encontrar o relojoeiro com suas infinitas peças.
E no encontro suplicar que o tempo passe mais devagar.
Tic
Tac
Tic
...

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Lux

E hoje me sinto como um tempo atrás: nostálgico! E inúmeras são as variáveis intervenientes cujo controle escapa de minhas mãos e resultam nessa sensação que palavras as vezes não se tornam capazes de explicar.
A noite chega e com ela vem o frio mais forte ainda...vou me entregando ao frio da vida que adormece o coração. Ainda tenho esperança, sei que no fim do túnel existe uma luz e que eu a alcançarei em algum momento. Não desisti de viver ou de acreditar tenho fé embora a vida tente me tornar incrédulo.
Fecho os olhos, ouço uma voz a me perguntar o que vejo. Não sei responder. Não sei de mais nada.
Sinto culpa por algo que não fiz mas não tenho remorsos. Mas culpa pelo quê? Tenho sido eu mesmo a cada momento, tenho mostrado a quem quiser ver o que por tanto tempo escondi por detrás da máscara. Mas então, por que me sentir assim?
Tive tantos sinais e não quis acreditar, estava tudo em minha frente o tempo todo e eu não enxerguei por puro comodismo. Abro os olhos e então vejo e a voz me pergunta o que vejo e eu não posso contar.
Não estou confuso, neste momento da minha vida estou convicto. Sei que no final haverá uma luz e eu vou caminhar até lá.

terça-feira, 28 de junho de 2011

Receita para a felicidade

Encontre alguém que valha a pena amar e então ame profundamente.
Entregue seus sorrisos, seus segredos e seus medos.
Abrace como se a vida fosse uma eterna despedida.
Beije como se fosse a primeira vez.
Olhe dentro dos olhos até enxergar a alma.
Sinta saudades, se declare, reconquiste!
Dê beijos estralados, silenciosos e com risos.
Sussurre palavras ao pé do ouvido.
Pense naquela pessoa, mude de pensamentos e pense novamente.
Mande mensagens durante o dia e no meio da noite.
Escreva cartas.
Durma abraçado, acorde abraçado.
Faça um pouco de drama, tenha um pouco de ciúmes.
Vença seus medos e se entregue.
Seja feliz como nunca havia sido!

" - As vezes eu tenho medo sabia?"
"- Medo de que?"
"-De te perder..."
"-Isso não vai acontecer!"

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Escarlate

Beija-me com seu beijo fatal pois não desejo mais nada além disso. Deposite em mim seu veneno e me consuma o mais rápido possível porque não posso mais suportar a ideia de permanecer assim para sempre me sentindo vazio perante a vida.
Sussurre os seus segredos em meus ouvidos e me torne cúmplice do seu caos. 
Preciso partir e deixar tantas coisas para trás. 
Preciso sumir sem deixar rastros.
Me leve em segredo e em silêncio. 
Não me diga nada, apenas me leve...
Me leve pois aqui nao posso mais ficar... 
Por favor me abrace porque a partida faz doer tanto o coração...
Sozinho eu não posso mais...
Beije-me lentamente, fatalmente....

Click

E se você soubesse que hoje seria seu último dia de vida?


segunda-feira, 20 de junho de 2011

Espelhos e luzes

Surge em mim repentinamente e vai crescendo e crescendo até me sufocar. Tem hora que tudo que preciso é simplesmente sumir...não estou falando em fugas mas em ter um tempo para poder me olhar. Falo em olhar de verdade, sem medo, profundamente, e então reconhecer meus limites.
Olhar para mim mesmo e ver que ali nos meus defeitos deve haver algum pedaço de perfeição. Reconhecer que meus medos não podem superar o tamanho da minha coragem e dizer pra mim mesmo que o amor próprio é o que deve vir sempre em primeiro lugar.
Não sei se vejo o que gostaria de ver...reflexos nos mostram o lado oposto. Será que reconheço esse rosto? 
E o espelho da alma mostra muito mais além...vejo tudo e mais um pouco. Por que estou nesse sufoco?
Não quero olhar, nao quero ver, mas preciso! É uma necessidade em meio a tantas sombras.
Acendam as luzes...chegou a hora da verdade!

sábado, 18 de junho de 2011

Amore mio




Amor, quantos caminhos até chegar a um beijo, 
que solidão errante até tua companhia! 
Seguem os trens sozinhos rodando com a chuva. 
Em taltal não amanhece ainda a primavera. 
Mas tu e eu, amor meu, estamos juntos, 
juntos desde a roupa às raízes, 
juntos de outono, de água, de quadris, 
até ser só tu, só eu juntos. 
Pensar que custou tantas pedras que leva o rio, 
a desembocadura da água de Boroa, 
pensar que separados por trens e nações 
tu e eu tínhamos que simplesmente amar-nos 
com todos confundidos, com homens e mulheres, 

com a terra que implanta e educa cravos.
Pablo Neruda

My old friend

E hoje venha falar para você, meu amigo!
Como crescemos esses últimos tempos não é mesmo? Como mudamos, transformamos...nos desmontamos e nos fizemos de novo pedaço por pedaço até chegar em quem somos hoje.
Vim lhe falar da vida e das pessoas, de algumas de suas facetas.
Cazuza diria que morrer não dói porque a morte aparentemente seria o alivio de todas as suas dores de vida. Viver dói e muito. A vida sempre remete a perdas e elaborar lutos ou extinguir respostas nunca é fácil. O mais dificil da vida é quando vamos nos enganando, digo isso porque enganar aos outros é a coisa mais fácil porém, mentir pra nós mesmos é complicado demais.
E as pessoas mentem, seduzem e enganam.Te abraçam e te apunhalam pelas costas. Te beijam despejando veneno em sua boca. Sorriem para dissimular a falsidade. E eu me pergunto: o que fazer?
Temos duas opções e já experimentamos as duas delas. Podemos nos tornar desapegados de tudo e todos, vivendo inconsequente, sem dores, sem medos, sem pressão mas sem nada ao mesmo tempo. A vida assim se torna vazia, nos anestesiamos...sobrevivemos...mas não vivemos.
A outra opção é viver cada segundo intensamente e estar disposto a se doar sabendo as consequencias que isso acarreta. Saber que você pode amar muito uma pessoa e ouvir dela sobre seu amor e em segundos essa pessoa mostrar que nada daquilo valeu a pena. Viver sem anestesias sentindo as alegrias e as tristezas e superando aquilo que nos faz cair.
E hoje meu amigo posso te contar algo que você já sabe. Felizes somos nós agora, porque em tempos passados não éramos de fato felizes.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Descomplicando

Senta aqui comigo sob esse céu estrelado que hoje estou precisando conversar. 
Segure forte em minhas mãos porque hoje a tristeza resolveu me atormentar. 
Me olhe nos olhos transmitindo a eternidade e essa segurança que me dás.
Tenho a impressão que de repente meu mundo desmoronará.
Não posso e não quero te perder porque sem você eu é que estarei perdido.
Você é meu abrigo, meu porto seguro, meu recomeço.
Você meu segredo mais secreto, meu tesouro mais valioso.
Você meu riso no final de um beijo, meu abraço na noite fria.
Senta aqui comigo hoje e segure firme a minha mão...
Não se vá sem antes ouvir o que tenho pra lhe dizer
Não se vá sem que eu lhe mostre como é intenso o que sinto por você.

"Se alguém ama uma flor da qual só existe um exemplar em milhões e milhões de estrelas, isso basta para que seja feliz quando a contempla."

Ensaio sobre o amor II

E então vem a segunda parte do amor que acarreta em uma eterna saudade e por que nao chamar de necessidade?
De repente você se pega a pensar a cada instante na pessoa amada. Imagina seu futuro e já não consegue mais se ver como aquele solitário bem sucedido talvez na solidão ninguém seja de fato feliz. E você passa a todo momento em que não está na companhia do ser amado a representá-lo ali, seja em fala, atitudes ou na projeção.
E vem a angustia da espera por cada encontro uma sensação tão boa que chega incomodar. Como diria a raposa ao Pequeno Príncipe "Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz! Quanto mais a hora for chegando, mais eu me sentirei feliz. Às quatro horas, então, estarei inquieta e agitada: descobrirei o preço da felicidade!". O amor...sempre paciente, porém, inquieto!
E ai vocês se encontram e ali provam o sabor da felicidade, se unem, se completam. Mas quando chega a hora de partir você já começa a sentir saudades e então se pergunta como isso pode ser possível.
Como é possível sentir saudades um minuto após a despedida?
O amor tem mistérios tão grandes que as vezes parece impossivel desvendá-los!
E com a saudade vem as lembranças. E voce recria cada palavra, cada gesto, cada beijo antes de dormir. E as vezes chega a sonhar tamanha a necessidade de ter a companhia do alvo do amor.
E então quer sempre mais e mais como um vicio que parece nunca se satisfazer, porque o amor não tem limites...limitados somos nós para amar.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Ensaio sobre o amor I

E você descobre o que é o amor da forma mais inesperada. Inicialmente reluta quanto a existencia de tal sentimento tudo isso por dores de paixões passadas. 
A paixão veneno da alma. Ligeira. Intensa. Breve. Deixa consequencias tão desastrosas a ponto de acreditarmos ser o fim. A paixão nao conhece, nao vive, nao sabe sofrer demoras. Talvez seu fracasso seja resultado dessa pressa constante que nao consegue chegar a lugar nenhum.
"O amor é paciente". Duvide de amores comprados prontos em padarias. O amor se conquista com o tempo. Você só ama aquilo que conhece, assim, é ímpossivel amar alguem em um segundo encontro. Amor que é amor dura a vida inteira por isso, sempre há algo novo para conhecer na pessoa amada. O poeta estava equivocado ao escrever 'que seja eterno enquanto dure' eternidade não tem tempo para acabar e se amor e eternidade são sinônimos não pode haver um prazo para durarem 'para sempre'.
O amor exige muito e as vezes cobra um preço alto demais. Você tem que se modificar, dizer não a você mesmo porque o amor nao sabe falar em 1º pessoa do SINGULAR, age-se sempre em 1ª pessoa do PLURAL.
O amor funde dois egos, tornando-se apenas um e então o amor se torna doação. Faz-se sempre ao outro aquilo que faríamos a nós. O amor é entrega dos medos, das aspirações pessoais, do próprio amor.
Amor é uma única existência dividida em duas. Amor é complemento...

Novamente em cartaz

Ele acordou com a imensa vontade de seguir em frente. Abriu janela do seu quarto, comtemplou o sol que o aquecia, seu brilho era maior naquele dia. Respirou, uma vez, profundamente, duas vezes. Estava vivo!
Quanto tempo demorou para perceber isso?
Foram tantos meses apenas sobrevivendo, sem saber o que fazer, sem saber com quem contar. Meses vivendo a dor da solidão. E o mundo esteve o tempo todo ali e ele nao percebeu. As pessoas estavam ali? Isso ele nao sabia, nao tinha vontade de ver ninguem e as poucas pessoas com as quais se permitia estar nao lhe eram suficientes.
E quando a vida nos leva para onde nao queremos ir, tentamos pegar atalhos e isso machuca mais ainda. Ele aprendeu isso com suas fugas e esquivas. Foi acumulando e se torturando cada dia mais. Sofrer no silêncio aumenta o peso da dor...e tentamos gritar mas ninguém parece ouvir, está cada qual imerso em sua propria dor. Como lera em algum lugar 'A dor de cada um é sempre a maior dor' e sabia a veracidade dessa frase.
Agora pouco importava tudo o que passou, iria recomeçar, sem pressa. Ele queria voltar a vida e retirar dela tudo que a tirara dele um dia.
Sorriu. Há tempos nao fazia isso! E mais uma vez olhou pro sol e prometeu a si mesmo que ninguem seria capaz de apagar seu brilho novamente.

terça-feira, 7 de junho de 2011

SMS

E então você me surpreende mais uma vez e me conquista cada vez mais....


"Mas aos poucos você se acostuma com aquela pessoa e passa a depender completamente dela. Então pensa 3 horas e esquece por 2 minutos. Se ela nao está perto de você, experimenta as mesmas sensações que os viciados tem quando não conseguem a droga. Nesse momento, assim como os viciados roubam e se humilham para conseguir o que precisam, você está disposto a fazer qualquer coisa por amor"


Eu também estou disposto a fazer qualquer coisa por você...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...