Páginas

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Nao me culpe, não sou daqui


“Vc primo merecia ser muito feliz.Foi um menino muito amoroso,carinhoso....Terei vc sempre em minhas melhores lembranças.A vida nos afastou cada um teve um rumo,a ultima vez que te vi aqui em Foz vc estava casado e feliz com tua esposa e tua filhinha.Mas só vc e DEUS sabiam verdadeiramente do que vc sentia falta coisa que vc sentia desde pequeno e falava pra gente e acho que vc nunca conseguiu superar issoÉ uma pena que se foi tão cedo.Que DEUS conforte sua esposa e peencha o vazio que ficou na vida dela agora sem vc.Queria poder ter te abraçado mais uma vez.......” ( T.G para o primo suicida H.L 02/11/2009)

E o abraço não pode ser preenchido, em seu lugar ficou ausência. Penso que se fossemos humanos ao ponto que dizemos ser, com certeza faríamos diferença na vida de tantas pessoas. O que motiva uma pessoa a dar um tiro em sua própria cabeça? A puxar definitivamente a corda que está em seu pescoço? A ligar o gás do banheiro e respira-lo ate o derradeiro suspiro?
É a falta de amor, é a falta de olhar. Tantos e tantos poderiam estar aqui se alguém tivesse prestado atenção em suas palavras, em seus gestos, em seu olhar.
Quantas pessoas sorriram escondendo a dor de um coração. Consolaram, quando a maior vontade era estar em um colo chorando as dores pelas quais estavam passando e ninguém deu importância.
E aí quando a surpresa da morte bate a nossa porta, ficam as indagações: ‘por quê?’, ‘eu nunca imaginei’, ‘era sempre feliz’. E a única resposta é a saudade e o silencio. Alguns ainda deixam cartas, que servirão de consolo e dor. Outros deixam apenas o silencio, prolongando a dor daqueles que esperam uma resposta.
Se a morte como processo natural já tem os seus mistérios, o suicídio possui enigmas indecifráveis. Um ato covarde de coragem. Um meio de fugir dos problemas de forma que não sabemos se surte efeito. Um meio triste de finalmente as pessoas entenderem que alguém estava precisando de ajuda...


“A morte parece menos terrivel quando se esta cansado e então é necessario morrer para curar a dor!!!”


segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Sabor de humanidade

Porque quando estou com vocês o meu mundo se torna melhor. E é pra vocês que ofereço o meu melhor...sem medo de ser feliz!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Sou Palmeiras, sim senhor!


Eu me lembro de voce Palmeiras desde a minha pequena infância. Eu era apenas mais um menino que já sonhou em ser jogador vestindo o uniforme verde e branco. A minha paixão não foi esquecida com o tempo, pelo contrario foi crescendo junto com o esplendor do meu verdao.
É Palmeiras, você marcou tantas fases da minha vida. Com você eu tive muitos momentos de gloria, com você eu fiquei esperançoso quando estávamos em crise, porque eu nunca desacreditei do teu potencial.
Eu já vi tantos vestindo a tua camisa, muitos indignos de ter essa honra, mas muitos merecedores. Ser palmeirense é uma emoção que não tem explicação. Aprendi que quando um sentimento alcança o seu auge em nossa vida, podemos falar horas e horas e nenhuma palavra conseguirá atingir o limiar do que queremos dizer.
É por você Palmeiras que hoje canto, e sempre vou cantar. ‘O amor é verde!’, e não importa o tempo que passar, vai ser você uma das razoes do meu viver.
Parabéns Palmeiras pelos 96 anos, dos quais 18 eu faço parte dessa família. Parabéns torcida alviverde que ostenta o orgulho de gritar: ‘Sou Palmeiras sim senhor!’.
 Hoje o sonho de ser jogador já passou, mas o amor que sinto por você, esse não passa nunca, porque eu te amo Palmeiras e vai ser assim para sempre!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Delírio


Passos desconexos nessa noite quente. O calor que me embriaga não afasta o frio do meu coração. Sinto falta de você e do seu cheiro. Quero seu toque no meu rosto, quero sentir tua pele em meu corpo. Os sons não se parecem com a doçura da sua voz, os olhos não têm o brilho dos seus. Me recordo, fujo, me encontro. Somente você tem a cura pro meu delírio. Enquanto você não volta vou buscando a sanidade, mas eu sei que isso é impossível, pois ela ficou com você, no dia em que fiz a loucura de te conhecer.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Máscaras


Depois de algum tempo voce começa a entender o verdadeiro significado daquela musica que diz “mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira” e então percebe que se não é transparente consigo mesmo nunca poderá esperar que os outros o sejam.
O caminho para a felicidade reside na derrubada das mascaras, porém esse processo tem seu custo. Desde pequenos aprendemos silenciar nossos sentimentos, talvez reflexo daquele cultura de que o choro nunca é bom. Tolos, as lagrimas tem poder de cura.
Tirar a mascara nos fragiliza, nos humaniza. Sem elas eu não posso mais me defender, com elas estou num muro bem grande, nessa muralha onde só tem acesso quem eu permito. Hoje é um bom dia pra começar esse processo que dói no começo, mas que ao terminar nos faz senhores de nós mesmo.
Freud dizia que o homem já não é senhor da sua própria casa, isso remetia ao inconsciente, mas hoje isso me diz que já não somos senhores porque deixamos que outros o façam por nós. E se alguém faz algo é porque permitimos.
Deixamos que tantas coisas aconteçam, e vamos deixando o destino guiar, quando nós é que deveríamos fazer!

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

BRINCO

Furei a orelha ontem...ahh como ando rebelde ultimamente. (SIC) kkkk
E foi tudo tao mais facil do que eu pensava!
Agora só falta criar coragem pra tatto, mas bem, nao preciso ser tao rebelde assim, agora.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Desço na proxima parada


Estava no ponto de onibus pensando em como as pessoas tem medo de contato. Havia mais cinco pessoas alem de mim, e ninguém falava com ninguém. Aquele clima de tensão, o ônibus que não chega, cada um com sua preocupação, casa, comida, trabalhos, ou sabe-se lá o que. E o engraçado é saber que você sempre encontra essas pessoas no mesmo horário e continua tudo sempre igual.
Mais tarde em outro ponto de ônibus, encontrei uma irmã do meu tio (que não é minha tia, sim, minha família é uma loucura). Faziam dois anos que não a via, aí vem todo aquele protocolo de perguntas, coisas corriqueiras. Conversamos bastante. Relembramos.
Desci do ônibus pensando o quanto as pessoas que estão agora em nossa vida podem se afastar repentinamente. Essa mulher, que vi quando ainda era uma moça sem juízo, fez parte de uma fase da minha vida e agora foi construir sua historia em outro lugar. Acho esse mundo moderno tão louco. Mas enfim, é a lei da vida, eu cresci também, já virei um adulto. E foi tudo tão rápido como esperar o próximo ônibus passar...

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Final de tarde.


Foto: Danne Brescansin
O fim de tarde vem chegando e com ele trazendo a vontade de ir embora com o Sol. Tem dias em que a vontade de voar é tão grande que até tira os meus pés do chão. Me leva pra longe do real, pro mundo do simbólico. O desejo de ir embora me persegue, quero ir longe, onde encontraria o que as pessoas chamam de paz mas que pra mim tem outro nome.

O vermelho do por do sol, me faz sentir saudades de quem já fui um dia, mas me traz a vontade de construir uma nova historia. Infeliz daquele que passa a vida revirando o baú dos infortúnios e conquistas. Por mais idêntico que seja um dejavù, ele nunca é forte o suficiente para repetir vivencias de outrora. Esse é o segredo, viver no hoje, o que hoje somos capazes de fazer.

Quero ir para um lugar onde o Sol me indicará o caminho. Sou um trovador solitário na busca incessante de um motivo para recomeçar. É disso que preciso, apenas um final de tarde...

domingo, 15 de agosto de 2010

Domingo


Feliz daquele que um dia acorda para a vida e percebe que dormiu por tempo demais, até mesmo com os olhos abertos...
Domingo é o primeiro dia da semana segundo nosso calendário cristão. É dia de mudança sim, de rever, de organizar, de querer e poder ser diferente. Percebo que a gente passa tempo fazendo coisas que não darão futuro nunca e pior, achamos graça de coisas decadentes.
Tenho sido falho com meus princípios, tenho sido falho comigo e com os outros. Quantas vezes passei dos meus limites e vi outras pessoas falando e não falei nada. Meu silencio hoje me condena.
Vivemos nessa época marcada pelo individualismo, estamos juntos e sozinhos ao mesmo tempo. Fala-se de amizade para vida inteira, mas o que eu vejo são companhias que te arrastam pra longe e mais longe da sua realidade.
E a culpa é de quem? Minha, sua, deles, delas... Sim, um dia vamos responder pelo que fizemos por nós e principalmente pelos outros.
Sempre há tempo de recomeçar, sempre...

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Legado


Eu canto porque meu canto diz verdades que por vezes prefiro silenciar. E é meu canto que te mostra o que realmente penso.
Eu danço porque minha dança expressa o que meu coração sente. Cada passo faz sincronia com as minhas emoções, mostrando ao mundo quem eu sou e pra que eu vim.
Eu sorrio porque meu riso transforma o meu dia. Sim ele tem poder de ocultar a dor e trazer vontade de mudar tudo que eu vivo.
Eu vivo porque a vida é limitada e eu não sei o que o futuro me reserva. Faço do hoje meu ultimo dia e sou transparente com meus desejos e minhas ações!

Pensamentos soltos

iE quando eu for embora, não; não chores por mim! 
 (Música Ambiente - Legião Urbana)
Só sei que tenho sentido medo do que vem acontecendo...porque possuímos algo que faz com que abramos os olhos quando é necessario...eu acredito.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Subliminar

Uma pausa. Um momento. Um silencio!

- Ahh, era voce...
- Estou com saudades...
- É claro que estou falando de voce...
- Nao sei o que voce tinha ontem, mas...
- Esse noite você é me...
- Nao consigo acreditar nos seus 18 anos...
- A gente tem tudo pra dar certo, eu...
- Você nao entendeu o que eu quis dizer, esquece...
- E aí quando será que nós...
- Mas dessa vez vai ser diferente...


FRASES SOLTAS PELO AR, CUIDADO ALGUEM PODE ESCUTAR...
Tudo pode acontecer em menos de um segundo...vai entender né!

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Contrários

E você demora tanto tempo pra perceber que a diferença no fim torna tudo igual...

terça-feira, 10 de agosto de 2010

8 meses

Essa noite eu sonhei com você e quando acordei vi que é o dia em que completam 8 meses. Passaram tantos dias sem te ver, sem te ouvir...o Natal nao foi o mesmo Natal, nesse ultimo Natal nao houveram presentes, todo mundo chorou, te aplaudimos, voce ouviu? Eu nao aguentava mais olhar aquela cadeira vazia...foi tao triste.
Na Pascoa tambem foi a mesma coisa, estava faltando uma pessoa, alguem que sempre esteve ali...
Nesse Dia dos Pais, senti que faltava dizer isso pra uma pessoa, desejar felicidades por ter dado inicio a minha familia. Voce que foi pai de muitas gerações minhas.
Sabe, desde que você se foi eu só tive coragem de ir ao cemiterio uma vez, nem lá eu consigo te ver ou te tocar...
Só sei que essa saudade me assusta com o tanto que dói. Eu ainda lembro da minha promessa: 'Vô, quinta eu nao tenho aula eu vou vir aqui pra te dar uma surra no truco.' Coitado de mim, mal sabia o que era zap, mas você nao me esperou pra gente jogar...
Eu sinto tanto a sua falta, as vezes eu seguro mas tem hora que as lagrimas insistem em cair...

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

domingo, 8 de agosto de 2010

Até o sol nascer...

Vai ter uma festa
que eu vou dançar
até o sapato pedir pra parar.

           aí eu paro
           tiro o sapato
           e danço o resto da vida.  
                                           (Chacal)

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Castelos de ilusões


Ontem estava dentro do ônibus e ouvi uma música que fazia tempo que não escutava. Ela dizia ‘então percebi que a paz que eu não tinha estava aqui dentro e eu perdido num castelo de ilusões’, e fiquei pensando sobre essa frase em especial. Quantas vezes criamos castelos de ilusões em nossa vida, quantos castelos eu já criei. Com suas fortalezas altas e fortes. Com guardas e tudo mais afim de fugir da realidade.
Quantos sonhos eu escondi atrás dessas muralhas, quantos medos eu enterrei sob esse castelo. Quantas pessoas me ajudaram a construir esse mundo ilusionario, quantas vezes iludi e fui iludido.
Uma das definições etimológicas de ilusão quer dizer coisa passageira. Fico pensando em como elas realmente são passageiras, porem tem uma magnitude tão intensa que nos deixam atordoados por determinado tempo. Cremos fielmente nessas ilusões e nos entregamos à elas de corpo e alma. Talvez seja esse o maior problema.
Quando a ilusão vem de fora, somos vitimas e réus ao mesmo tempo. Permitimos que outra pessoa interfira em algo que somente nós poderíamos decidir o caminho. Deixamos que outros vivam em nós e vamos passando pela vida sem nos dar conta do que realmente é nosso.
Tenho a convicção de que por mais que seja tumultuada uma demolição as vezes é preciso destruir esses castelos, porque nos tornamos prisioneiros dessas ilusões e vamos nos afastando da nossa realidade. E ainda que reconstruir se torne mais dificil ao menos estaremos escrevendo uma historia propria, cujo o autor principal se trata por 'Eu'.
Fazemos o que escolhemos, mas escolher já sinal de não saber o que fazer...

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Revirando o baú


Regente Feijó, 24 de Fevereiro de 2008.

Meu caro Léo,

Você sabe como são os amigos modernos né?! Eu ia mandar uma cartinha pra você pela sua mãe, mas com a correria do dia a dia não mandei. Então mando por aqui mesmo. Há há ha.
Então Léo, espero que você tenha aprendido muito com essa jornada espiritual, e espero que você traga novidades pra nossa relação.
Eu não tenho muito o que falar, porque você já sabe de tudo:
O quanto você é especial pra mim;
O quanto você me faz falta;
O quanto foi bom retomar nossa amizade esquecida;
O quanto é bom te ter por perto;
O quanto é bom ter alguém do seu lado que não te chama de louco por causa das suas loucuras;
O quanto é bom ter alguém...

Eu só queria que você soubesse, que estou aqui para o que der e vier.
Que estou aqui para te ouvir, e te aconselhar;
Que estou aqui para ser ouvido, e aconselhado.

Te adoro demais viu garoto!

Pra sempre junto de mim...


Rafael Pereira.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Recordar, repetir e elaborar.


Uma hora as coisas tomam proporções tão grandes que é preciso limitar. Penso que a vida se encarrega do processo de elaboração. Recordar, repetir e elaborar. E isso acontece sucessivas vezes porque fugimos dos nossos traumas, encenamos uma vida perfeita cheia de mascaras, talvez por comodismo, por insegurança ou por fragilidades.

Um certo filosofo dizia que o que a historia não resolve, ela devolve. Essa frase pode ser um nome simples para o processo de elaboração. Nós e essa mania de complicarmos tudo. Se hoje algo volta em minha historia é sinal de que não fui forte o suficiente tempos atrás para conseguir deixar tudo acabado, restou um vestígio de minhas ações que hoje são postas frente a mim para que eu as resolva.

Decidi que não quero mais deixar meu livro pela metade, chega de criar musica e fazer só a base, chega de conhecer apenas um lado de alguém, de ser meio apaixonado, meio chato, meio legal. Mesmo levando em conta que todo mundo carrega uma dose de cada coisa, quero ser completo. Quero ser transparente com minhas emoções e pensamentos.

Quero recordar somente o que irá me fazer crescer. Quero repetir tudo aquilo que acrescentou algo em mim positivamente. Quero elaborar tudo isso que ainda está guardado aqui...

domingo, 1 de agosto de 2010

Pensando alto



Estou desacreditado das pessoas e seus fingimentos. Quero pessoas de verdade, quero sinceridade, quero olhar direto e não desviado.
Porque nunca quem pisa em alguém está por cima....
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...