Páginas

domingo, 31 de julho de 2011

Tempo!

Eu espero que você me compreenda mesmo quando eu não me compreender, e que seja paciente ainda que eu lhe dê motivos para jogar tudo pro alto.
Conhecer alguém requer tempo e convivência e é em meio aos contratempos que se prova o caráter e dignidade de cada um. 
Dialogar é muito mais do que soltar palavras boca a fora. O dialogo tem a capacidade de dar sentido e encontrar soluções para barreiras que possam surgir na nossa vida. É por isso que temos que valorizar nossos momentos de dialogo e fazer dele a base da nossa relação.
Buscamos construir uma vida juntos e isso requer muito de nós. Acredito que já enfrentamos situações tão complicadas que nada mais será capaz de nos separar.
Eu espero que você apenas me ame e com seu amor me ajude a curar minhas feridas.
Porque eu sei que te amo e isso é tudo que importa para mim...


"- Ah! Meu pedacinho de gente, meu amor, como eu gosto de ouvir esse riso!"

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Simplicidade

Celebremos hoje a vida sem deixar para amanhã a alegria de viver. Vamos dar as mãos e cantar uníssono a canção da igualdade, onde todos são livres para agir como queiram respeitando o limite do próximo.
Vamos unir as mãos e caminhar na estrada do diálogo e ter em mente que sozinho se cansa muito rápido e que a companhia nos motiva a chegar mais adiante.
Contemplemos a natureza e seus grandiosos espetáculos que passam despercebidos. O sol que nasce e se põe, a folha que cai para que outra nasça, o som dos pássaros harmoniosos a embalar a cantiga da vida e a dança das flores que perfumem nossos ares.
Celebremos hoje a luta dos nosso antepassados e as conquistas de nossas mãos. Festejemos o cantar do galo anunciando um novo dia tendo em mente a oportunidade de recomeçar e assim como o rio que corre sem parar seguir a vida sempre em frente, deixando pelo caminho as pedras que vierem nos machucar.
Hoje é o dia de viver, de olhar, sorrir e amar! A vida é breve e curta como as borboletas que só vivem 24hs. Depende de cada um transformar o breve tempo em uma eternidade. Saber ser intenso o suficiente para jamais ser esquecido tendo uma causa para entregar a vida....romper as barreiras do casulo que nos envolve e bater asas transformando a paisagem. E então do alto poder contemplar a magia da vida e ter a certeza de que se viveu e não apenas existiu.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

terça-feira, 26 de julho de 2011

segunda-feira, 25 de julho de 2011

domingo, 24 de julho de 2011

sexta-feira, 22 de julho de 2011

...N...


E o nosso amor é tão verdadeiro quanto o sorriso de uma criança...

quinta-feira, 21 de julho de 2011

terça-feira, 19 de julho de 2011

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Amor, meu grande amor

Abro o painel do blog para postar sobre nosso final de semana e então fico sem saber o que escrever e como conseguir expressar da forma mais clara as intensas emoções e experiências que tivemos. 
Coloco então uma música que diz "Você é tudo pra mim e isso basta". Eu sei que isso basta mas as vezes precisamos verbalizar muito mais aquilo que alguém é em nossas vidas.
Você chegou em minha vida trazendo a luz que eu necessitava para enxergar a beleza do amor. E sua luz me ensinou que é possível ver o belo mesmo quando o mundo e suas evidências dizem que não é a melhor coisa a se fazer. Você iluminou minha vida de uma forma que não sei se o o próprio sol seria capaz de iluminar.
E se hoje me perguntassem o que é o amor eu responderia sem pensar: o amor é você! Eu conheço o amor e sei o seu nome, sei seus segredos e sua intensidade. Vivo no amor.
E esses dias pudemos sentir como será nossa vida daqui algum tempo. É em função do hoje que penso no meu amanhã, e você me permite visualizar o futuro e me motiva a lutar por meus sonhos para que com você eu possa desfrutar mais ainda do sabor da felicidade.
Eu sinto a cumplicidade em seu olhar, a sinceridade em seu abraço, o aconchego em seu beijo e a eternidade em seu amor. 
Não há nada melhor do que dormir e acordar ao seu lado e te olhar ainda deitado e ouvir você perguntando porque te olho tanto. Agora eu te respondo, te olho assim porque quero eternizar cada segundo que passo ao seu lado e senti-lo da forma mais intensa o possível.
E o olhar nunca mente...ele é sincero e transparente como o amor que sinto por você. É real como o amor que você sente por mim.

"Você vai pensar em mim todo dia?"
"Vou sim...e você vai pensar em mim todo dia?"
"Vou pensar em você toda hora"


"- E quando te houveres consolado, tu te sentirás contente por me teres conhecido. Terás vontade de rir comigo. E abrirás a janela à toa, por gosto...E teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu. Tu explicarás então: 'Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir'."

sábado, 16 de julho de 2011

Infinito como o mar

Foi de manhã molhar os pés nas águas do mar. O sol nascia tímido refletindo seu brilho na imensidão daquelas águas que podiam ser comparadas a imensidão de pensamentos que havia naquela cabeça.
Olhou para o lado e viu mais adiante um casal que seguia feliz. Não sabia quando isso aconteceria em sua vida e não falava em felicidade porque era feliz mas em ter essa companhia que nada fosse capaz de separar.
Se a vida é feita de escolhas tinha consciência de que tudo que vivera até ali fora resultados de suas escolhas e que deveria viver até o último momento. Molhou os pés novamente e foi percorrendo a praia em sua extensão.
A cada passo um novo pensamento acompanhando de um novo desejo. Mudança. Era disso que precisava e era isso que iria fazer.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Banco da praça

Hoje sentei sozinho em uma praça e fiquei vendo as pessoas passarem enquanto pensava em minha vida. É incrível ver como passei por tantas mudanças nesses últimos tempos e o quanto me sinto melhor como pessoa hoje.
Vi crianças brincando livremente e sem preocupações e tentei imaginar o que cada uma delas teria que passar para poder crescer e então não ter mais condições de passar uma tarde com um pipa na mão ou correndo de um lado para o outro em suas travessuras. É, crescer é renunciar...
Hoje vejo que a vida tem muito mais valor e sabor. Aprendi que as coisas as vezes fogem do nosso controle mas mesmo assim cabe a cada um decidir pelo que sofrer ou ser feliz. Vejo que podemos passar um tempo vivendo aquilo que os outros querem para nós mas uma hora é preciso seguir a vida com nossos próprios passos.
Aprendi também que amor e perdão devem andar sempre de mãos dadas e jamais se separarem. Percebo que a pessoa que você mais ama é muitas vezes aquela que você mais fere e é ferido também, porque tudo está tão bem, todos tão seguros de si que parece não ter porque temer a separação. E aí entra o perdão...seja como consentimento ou como pedido. Amar é perdoar! Mesmo que o mundo diga para você não fazer isso, mas você sabe que sem o amor é impossível viver e então recomeça, uma, duas, três...quantas vezes forem necessárias.
Só tenho convicções do dia em que vivo hoje, o amanhã é incerto para mim, ainda que tenha muitos planos para ele, mas não me sinto temeroso...sou livre e sei que só depende de mim conquistar o que quero.
Sou livre como o silêncio, o vento e os pássaros que enfeitam os céus. Livre como o sol que nasce e se põe levando sua luz a todos. Sou livre e isso basta.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Quero a verdade no olhar

Triste dia em que você descobre que as pessoas mentem demonstrando a verdade no olhar. Fazem promessas sem a intenção de cumprir e acompanhadas de juras de pura falsidade.
E então você se sente como a criança que esperou ansiosamente o Natal e não ganhou o seu presente. E se questiona onde é que errou mas não encontra respostas que justifiquem algumas atitudes.
A paixão embora seja um desdobramento do amor não é de fato amor porque machuca. A paixão avassaladora faz perder o folego e o sono e quando se vai tira o sono mais ainda. Então não resta mais nada a se fazer além de chorar até torcer o colchão e finalmente encontrar forças para recomeçar.
E lentamente esperar o coração cicatrizar e se abrir para um novo amor. Não podemos nos fechar em nossos medos e continuar agindo como a criança que se tranca no quarto quando algo dá errado em sua vida. É preciso abrir a janela e deixar o sol entrar trazendo a luz necessária para o despertar.
É preciso saber contemplar o mistério da vida e buscar a solução de seus enigmas. Descobrir a beleza oculta na dor e transformá-la em esperança e lembrar sempre que a única chance que temos para ser felizes é o hoje, amanhã pode ser tarde demais...e então se dar conta que algumas pessoas nos são tiradas para que encontremos outras melhores. E a vida segue em frente nesse eterno recomeçar...reconquistar...apaixonar...amar!

terça-feira, 5 de julho de 2011

T.O.C

Tic tac tic tac num ritmo apressado. 
O tempo vai passando e tudo andando as vezes sem mesmo saber para onde.
Ouço o badalar do relógio, eis que a hora se aproxima. O que fazer? O que dizer? 
Tic Tac....
O tempo voa, as horas passam e tudo se transforma.
Mudam-se os planos e os sonhos.
Muda-se o corpo e a personalidade.
Transformação...superação.
Tic Tac
É necessário encontrar o relojoeiro com suas infinitas peças.
E no encontro suplicar que o tempo passe mais devagar.
Tic
Tac
Tic
...

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Lux

E hoje me sinto como um tempo atrás: nostálgico! E inúmeras são as variáveis intervenientes cujo controle escapa de minhas mãos e resultam nessa sensação que palavras as vezes não se tornam capazes de explicar.
A noite chega e com ela vem o frio mais forte ainda...vou me entregando ao frio da vida que adormece o coração. Ainda tenho esperança, sei que no fim do túnel existe uma luz e que eu a alcançarei em algum momento. Não desisti de viver ou de acreditar tenho fé embora a vida tente me tornar incrédulo.
Fecho os olhos, ouço uma voz a me perguntar o que vejo. Não sei responder. Não sei de mais nada.
Sinto culpa por algo que não fiz mas não tenho remorsos. Mas culpa pelo quê? Tenho sido eu mesmo a cada momento, tenho mostrado a quem quiser ver o que por tanto tempo escondi por detrás da máscara. Mas então, por que me sentir assim?
Tive tantos sinais e não quis acreditar, estava tudo em minha frente o tempo todo e eu não enxerguei por puro comodismo. Abro os olhos e então vejo e a voz me pergunta o que vejo e eu não posso contar.
Não estou confuso, neste momento da minha vida estou convicto. Sei que no final haverá uma luz e eu vou caminhar até lá.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...